maradentro - balde d'àgua

a exposição MarAdentro apresentou dois momentos importantes do processo de criação de “Poemas Atlânticos”, “Encontro com o Mar” com fotografias de Isabel Praxedes, e “Balde D’Àgua” com fotos de Mônica Cardim.

no ensaio "Balde D'Àgua", os baldes se tornaram o fio condutor do trabalho. As relações de poder, subjugação e ausência estão presentes no objeto cenográfico balde que sobre a cabeça nos remete à reminiscência da lata d'água tão presente nos sertões do mundo afro atlântico e nas nossas lembranças de infância periféricas. Um elemento poético/político da escassez que invisibiliza o visível e revela outras presenças e memórias político-sociais.

setembro, 2021 - Centro de Referência da Dança de São Paulo. Instagram: @menos1invisível